Fórum de Internacionalização e Investimentos do Hacking.Rio recebe representantes de cinco países

Durante todo o sábado, dia 28 de julho, o Hacking.Rio teve como espaço para negócios o Fórum de Internacionalização e Investimento. Com abertura da idealizadora do Hacking.Rio, Lindalia Sofia,  o fórum recebeu palestrantes de cinco países de três continentes, que discutiram com empreendedores e investidores novas soluções de negócios para o Brasil.

Para Lindália, este momento foi um grande passo para trazer de volta investidores e reaquecer o mercado. “Depois de conseguirmos reunir mais de 700 hackers no maior hackathon da América Latina, hoje, abrimos espaço para falar de negócios, mercado e investimentos. Enquanto a galera está lá pensando nas melhores soluções,  neste fórum conversamos sobre como grandes investidores internacionais vêem o Rio e o que precisamos fazer para revivermos bons momentos na cidade maravilhosa. Eu ouvia que no Rio, quando se faz evento ninguém vai e não é verdade. Todo mundo se juntou. Que bom que veio a crise! Que o HackingRio seja a virada de página do Rio de Janeiro!”, disse.

 

Dentre os grandes nomes que passaram pelo Fórum estão: Jubair Jalil, CEO da Metapair; Jean-Paul Charlier, cônsul-geral da Bélgica, Paulo Protásio, Presidente Agência Fomento Rio e Líder Empresarial do Rio de Janeiro, Paula Gonzaga, diretora de operações na Rede de Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro, embaixador Eduardo Prisco, chefe do Escritório de Representação do Rio de Janeiro, Venetia Santos, doutora em Confiabilidade Humana COPPEAD UFRJ, José Alberto Aranha e Renata Aranha, da Entropia, Andrew Humphries, Co-Founder at The Bakery & Dept of International Trade Global Entrepreneur Programme Dealmaker, Yuri Navarro – CEO da NACO – National Angel Capital Organization, Guillaume Legarè – Diretor, America do Sul & Representante Chefe – National Bank of Canada no Brasil, Alexandre Barral, Head Business France e Maria Conti – Head Swissnexbrazil.

Jean-Paul Charlier, cônsul geral da Bélgica

“Ouvi falar do Hacking.Rio em maio, quando fiz uma apresentação, e hoje fiquei muito satisfeito em poder falar sobre como fazer negócios com a Bélgica. Fiz contatos interessantes, aprendi muitas coisas e descobri um mundo que não suspeitava que existia”, disse Jean-Paul Charlier, cônsul geral da Bélgica, no Fórum de Investimento e Internacionalização.

Greg Stevens, fundador e diretor geral da TerraBridge Partners de Chicago, falou do projeto de Internacionalização com profunda experiência em Mercados Emergentes e Cidades Inteligentes. “Os Estados Unidos estão caminhando para serem cada vez mais um país latino. Até 2050, espera-se que tenha 132,6 milhões de falantes de espanhol”, disse.

Yuri Navarro, CEO da NACO (National Angel Capital Organization), do Canadá, explicou que algumas das razões que motivam  os investidores anjos é que desejam dar apoio e suporte aos empreendedores locais e estar em contato com o mercado. “O Rio tem muitas oportunidades e precisa de investimentos em tecnologia. Estou muito otimista em relação às parcerias que podemos fazer com a cidade”, disse Yuri.

Paulo Protásio

Paulo Protásio, Presidente da Agência Fomento Rio e Líder Empresarial do Rio de Janeiro, participou do painel “Cristo Redentor e cidade do Rio de Janeiro de braços abertos. Oportunidades de novos projetos no Rio”.

“A gente tem que ir para o microcosmo e entender nosso quarteirão. Muitas cidades já fazem essa operação, em que você atua na área de canteiro, porque você vive lá.” “Estamos formando um propósito para 2022. O Rio de Janeiro nasceu como sede do reino de Portugal e depois disso tudo aconteceu: biblioteca, Banco do Brasil, Jardim Botânico… Não temos a menor dúvida de que o Rio será uma extraordinária cidade desde que a gente a faça ser”, disse.

Cezar Vasquez, diretor-superintendente do Sebrae RJ, também estava presente e falou das empresas ScaleUp. “Não há política para essas empresas e nós no Sebrae começamos a trabalhar com as empresas de autocrescimento. A gente trabalha a metodologia de monitoramento do processo de crescimento das empresas e estamos agora trabalhando em parceria com o MIT”, contou.

 

 

 

 

 

Compartilhar

Leave a Comment

Your Name *
Email *
Website
Comment