Categoria: Hackathon

Mais de 700 hackers, 190 mentores, 42 horas de programação, 5.500 fatias de pizza (valeu, Domino’s!), 1.860 sandubas, 5.760 garrafinhas de água, mais de 300 profissionais envolvidos e muita diversão! Assim foi o hackathon do Hacking.Rio em números, porque a emoção de fazer parte do maior hackathon da América Latina é impossível traduzir em palavras. O evento foi realizado entre os dias 27 e 29 de julho, no o edifício Aqwa Corporate, no Porto Maravilha, um dos símbolos de inovação do Rio de Janeiro.

Nos últimos momentos do Hacking.Rio, a idealizadora Lindália Sofia anunciou para a plateia: “Era pra gente ser o maior do Brasil, mas a gente conseguiu ser o maior da América Latina!”

Na foto ao lado, Renata Salvini e Lindália Sofia – responsáveis pela realização do Hacking.Rio

Continue reading Rio de Janeiro sedia o maior Hackathon da América Latina

Os hackers do nosso Hackathon estão muito bem na fita! Espalhados pelos 15 clusters, eles vão concorrer a prêmios incríveis. Veja só:

Continue reading Conheça os prêmios do Hackathon

O Hacking.Rio vai começar nesta sexta-feira, dia 27/7 e estamos ansiosos para conhecer todos os mais de 700 hackers que estarão no maior hackathon de todos os tempos! É muita responsa, hein?

Para que a sua experiência no evento seja incrível, você precisa saber de algumas coisas:

Continue reading Tudo o que o hacker precisa saber!

Renato Paquet é líder do cluster cleantech do hackathon do Hacking.Rio. Ele explica, em entrevista exclusiva, quais são os pontos importantes para os hackers pensarem e fala das suas expectativas sobre o maior hackathon de todos os tempos. Continue reading Renato Paquet: o que esperar do cluster cleantech?

Anesio Neto é um entusiasta de Games e Realidade Virtual. Após atuar por 18 anos no ramo do varejo e empreender em startups por mais de dois anos, resolveu se dedicar ao desafio da Realidade Virtual e a Realidade Aumentada. No Hacking.Rio, será líder do cluster de Games&VR e sua experiência na área será fundamental para os times.

Um dos desafios do cluster de Games&VR é o de apoiar a profissionalização das pessoas da área para que pensem não só no produto, mas, sim, na construção do negócio. “É muito comum encontrar profissionais apaixonados por suas produções e que, ao longo da construção de seus games, que pode durar meses ou anos, sequer pensaram em um modelo de negócios que sustente a operação do estúdio de produção”. Mas será no evento que os participantes serão, de fato, desafiados para encontrar, por meio da tecnologia, ideias inteligentes para a cidade.

Continue reading Anesio Neto traz sua experiência em realidade virtual e games para o Hacking.Rio

Christian Aranha tem um currículo extenso: é empreendedor e pesquisador na área de Inteligência Artificial, Big Data e Blockchain, além de idealizador de tecnologia da Cortex, hoje uma multinacional. Possui doutorado em Inteligência Computacional Aplicada pela PUC-Rio, mestrado em Estatística e Otimização, Engenheiro Elétrico e Bacharel em Psicologia Cognitiva. Hoje, lidera, como fundador, a Entropia, maior ecossistema de startups do Rio.

Ele será o líder no cluster de Financeiro, Seguros e Blocktech cujos desafios são: ganhar a confiança do consumidor, facilidade no uso, oferecer segurança e integração.

Continue reading Christian Aranha: “Queremos desenvolvedores de novas tecnologias”

O cluster de Saúde e Esporte do hackathon do Hacking.Rio será liderado por Alex Lucena, CEO da 4H Technology in Health, empresa spin-off do LES da Universidade PUC-Rio.

Continue reading Conheça o cluster Saúde e Esporte, liderado por Alex Lucena

“A gente quer trazer de volta o prazer e a diversão para os programadores”, diz.

Maratona de 42 horas reunirá hackers e programadores de alto nível

Criatividade e diversão com uma boa dose de competição é a mistura que promete movimentar o maior Hackathon já realizado no Brasil, com 12 clusters, no Hacking.Rio, entre os dias 27, 28 e 29 de julho, no Acqua Corporate, Porto Maravilha, no Rio de Janeiro. O ativador Bernard de Luna é responsável por liderar este evento, que pretende resgatar a essência do Hackathon.

Continua lendo Bernard de Luna fala sobre o Hackathon que terá 12 clusters no Hacking.Rio

natwitte

É com discurso ousado e cheio de esperanças que Natalie Witte, uma das fundadoras do Juntos Pelo Rio, explica o início do movimento e como foi criado o Hacking Rio.

A ousadia é a marca do Hacking Rio. Em sua primeira edição, os seus idealizadores querem torná-lo o maior hackathon do Brasil. E não é só isso! Eles querem, também, colocar o Rio de Janeiro no centro das discussões sobre tecnologia. Natalie Witte é uma das fundadoras do Juntos Pelo Rio, movimento criou o Hacking Rio, e conta sobre a origem de tudo: do movimento, do evento e do hackathon.

Continue reading “QUEREMOS QUE O RIO DE JANEIRO SEJA UM PÓLO DE INOVAÇÃO ATÉ 2020”